sexta-feira, 1 de abril de 2011

“Ele não quebrará o caniço rachado, nem apagará o pavio fumegante”

Ultimamente o SENHOR tem falado a mim. Tem dito que eu devo consolar quem está triste, e trazer à vida as pessoas que estão mortas:

Isaías 61
1. O SENHOR Deus me deu o seu Espírito, pois ele me escolheu para levar boas notícias aos pobres. Ele me enviou para animar os aflitos, para anunciar a libertação aos escravos e a liberdade para os que estão na prisão.
2. Ele me enviou para anunciar que chegou o tempo em que o SENHOR salvará o seu povo, que chegou o dia em que o nosso Deus se vingará dos seus inimigos. Ele me enviou para consolar os que choram,
3. para dar aos que choram em Sião uma coroa de alegria, em vez de tristeza, um perfume de felicidade, em vez de lágrimas, e roupas de festa, em vez de luto. Eles farão o que é direito; serão como árvores que o SENHOR plantou para mostrar a todos a sua glória.


Essa mensagem é para você, que se vê numa situação sem saída.
Em determinados momentos da vida, achamos que a situação não poderia estar pior. Quando estamos realmente “no fundo do poço”, em qualquer aspecto, parece que não existe solução possível para o nosso problema; não há luz no fim do túnel, não há esperança. Também é muito comum olharmos para uma pessoa e dizermos: “esse aí está perdido, não tem jeito mesmo”.
Observe o que Isaías profetizou (o que o SENHOR, no Antigo Testamento, disse sobre Jesus):

Isaías 42
1 "Eis o meu servo, a quem sustento, o meu escolhido, em quem tenho prazer. Porei nele o meu Espírito, e ele trará justiça às nações.
2 Não gritará nem clamará, nem erguerá a voz nas ruas.
3 Não quebrará o caniço rachado, e não apagará o pavio fumegante. Com fidelidade fará justiça;
4 não mostrará fraqueza nem se deixará ferir, até que estabeleça a justiça sobre a terra. Em sua lei as ilhas porão sua esperança. "

O que dá para ser feito com um caniço (cana) rachado ou um pavio fumegante (que quase se apaga)? Simples: terminar de quebrar o caniço e apagar o resto de chama da ponta do pavio. Se não fizermos nada, o caniço acabará quebrando-se por completo pela ação da natureza e o fogo trêmulo do pavio certamente cederá à corrente de ar.



O caniço rachado e o pavio que fumega são as pessoas a que me referi, aquelas “sem solução”. Isaías disse que Jesus não iria quebrar o caniço rachado, nem apagar o pavio fumegante.
O olhar do SENHOR sobre as pessoas é totalmente diferente do olhar das pessoas sobre as outras pessoas. Seria horrível se Deus olhasse para o caniço e para o pavio como nós olhamos! Observe como somos limitados em nossas perspectivas!

O SENHOR nunca quebrará o caniço, mas o consertará; não apagará a chama, mas reacenderá o fogo. Graças que Ele é assim! Graças que Ele existe e é tão mais sábio do que eu!

Só Jesus tem poder para restaurar caniços e reacender pavios. O resto não é a solução, mas protelação da solução, lenitivo, desvio do caminho.
Cada dia que passa vejo que não sei nada sobre o SENHOR, que não sou capaz de entender Seus pensamentos, que não tenho verdadeira noção do tamanho do Seu poder, embora presencie Seus milagres. Ele supera minha racionalidade, trabalha por caminhos imperscrutáveis, é Maravilhoso, justo, confiável e, o melhor de tudo, me ama incondicionalmente.

Não preciso ficar falando dos meus sofrimentos pessoais, eles podem ser exatamente os mesmos que os seus, mas posso assegurar que meus problemas não são fáceis, que muitas vezes já me senti como o pavio fumegante, sem esperança de reacender...

Porém, posso declarar que hoje sou uma vara forte, um fogo que resplandece, não por minhas próprias forças, mas pela força a mim dada diretamente pelo Espírito Santo de Jesus. Quando acaba minha força, é a Dele que se manifesta.
O SENHOR tira nosso olhar de nós mesmos, faz-nos enxergar que precisamos Dele, nos esvazia de tudo o que éramos e volta nosso olhar ao Seu poder, à Sua graça, ao que Ele é capaz de fazer em nossas vidas.

Olho para trás e vejo tudo que o SENHOR já fez por mim. Certas coisas Ele fez antes mesmo de eu procurar os Seus caminhos, pois Ele já me amava independentemente de qualquer coisa, e já sabia que eu buscaria a Sua consolação, embora eu mesma não percebesse.

Eu fui curada pelas feridas do meu Mestre, que morreu no meu lugar, lavou-me com seu sangue, tomou para si meus sofrimentos, e hoje me ajuda a seguir a vida com paciência e sabedoria e a olhar as coisas sob o olhar de Deus.
Meus problemas não acabaram. Muitos até aumentaram. Satanás quis (e ainda quer), muitas vezes, me fazer desistir do caminho que leva à vida, mas, agora que o descobri, não o troco por nada nesse mundo.

Hoje olho para o caniço e para o pavio e sei que eles têm solução. Imagino essas pessoas vivendo em comunhão com Jesus e as vejo triunfando, transformadas, felizes realmente, e não só aparentemente.
É o SENHOR quem me dá essa visão. Veja como Isaías continua descrevendo o Messias:

Isaías 53
1. Quem creu em nossa mensagem e a quem foi revelado o braço do Senhor?
2. Ele cresceu diante dele como um broto tenro, e como uma raiz saída de uma terra seca. Ele não tinha qualquer beleza ou majestade que nos atraísse, nada em sua aparência para que o desejássemos.
3. Foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de tristeza e familiarizado com o sofrimento. Como alguém de quem os homens escondem o rosto, foi desprezado, e nós não o tínhamos em estima.
4. Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido.
5. Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados.
6. Todos nós, tal qual ovelhas, nos desviamos, cada um de nós se voltou para o seu próprio caminho; e o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós.
7. Ele foi oprimido e afligido, contudo não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado para o matadouro, e como uma ovelha que diante de seus tosquiadores fica calada, ele não abriu a sua boca.
8. Com julgamento opressivo ele foi levado. E quem pode falar dos seus descendentes? Pois ele foi eliminado da terra dos viventes; por causa da transgressão do meu povo ele foi golpeado.
9. Foi-lhe dado um túmulo com os ímpios, e com os ricos em sua morte, embora não tivesse cometido qualquer violência nem houvesse qualquer mentira em sua boca.
10. Contudo foi da vontade do Senhor esmagá-lo e fazê-lo sofrer, e, embora o Senhor faça da vida dele uma oferta pela culpa, ele verá sua prole e prolongará seus dias, e a vontade do Senhor prosperará em sua mão.
11. Depois do sofrimento de sua alma, ele verá a luz e ficará satisfeito; pelo seu conhecimento meu servo justo justificará a muitos, e levará a iniqüidade deles.
12. Por isso eu lhe darei uma porção entre os grandes, e ele dividirá os despojos com os fortes, porquanto ele derramou sua vida até à morte, e foi contado entre os transgressores. Pois ele carregou o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.


Há algum sofrimento difícil demais para Jesus? Só Ele pode te ajudar a “agüentar o tranco” sem ser destruído aos poucos pelas feridas abertas, só Ele pode te dar justificação plena com o perdão dos seus pecados.
Não sabe a quem confessar seus problemas? Comece falando com Ele à noite, como um filho se dirige a um Pai perfeito: “o SENHOR conhece tudo pelo que passo e sabe do que eu preciso. Quero mudar minha vida... (explique do que você necessita, pode até ser conseguir sentir a presença Dele na sua vida). Perdoe meus pecados, acolha-me no seu rebanho, mostre-me o caminho. Reconheço que preciso de Ti. Eu espero Tua resposta.”

Se você fizer uma oração como essa sinceramente, humilhando-se na presença do SENHOR, não vai acreditar nas coisas que começarão a acontecer. Posso dizer seguramente que você verá o impossível acontecer. Assegurar significa resultado garantido; sou testemunha do que Jesus pode fazer na sua vida, por mais difícil que seja.

“O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” (Salmo 30:5)

“Aqueles que semeiam com lágrimas, com cantos de alegria colherão.” (Salmo 126:5)

“A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza." (2 Coríntios 12:9)

“Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados.” (Mateus 5:4)


Você quer aceitar o fardo leve de Jesus ou prefere continuar carregando o fardo pesado e horrível do mundo, do pecado, da morte espiritual, de satanás? Jesus te quer ao lado Dele agora mesmo! Acredite...

3 comentários:

  1. Amo escrever as verdades de Deus, a palavra dEle pode penetrar na alma da raça humana, só nEle que fontes serão, curadas, saradas, aleluia.
    Add no facebook: lucasmanerin@hotmail.com

    ResponderExcluir